14 de jan de 2009

Google espera enfrentar a Microsoft usando revendedores

Quarta, 14 de janeiro de 2009, 10h47
Fonte: Terra Tecnologia
O líder entre os serviços de busca na Web, Google, deu novo passo na quarta-feira rumo a uma concorrência direta com a Microsoft, ao recrutar revendedores de tecnologia da informação para distribuir seus aplicativos via Web a clientes empresariais.

A partir do final de março, os revendedores autorizados poderão vender, personalizar e oferecer assistência a versões premium do Google Apps, pacote que inclui software de processamento de texto, planilhas, agenda e email.

O Google Apps é semelhante, em linhas gerais, ao Microsoft Office, o pacote líder de vendas de aplicativos de escritório, e é parte do esforço do Google para promover a chamada "computação em nuvem", ou software como serviço. A Microsoft anunciou em outubro que também estava estudando acrescentar recursos disponíveis via Web aos seus aplicativos do Office.

Desde que lançou o Google Apps, em fevereiro de 2007, o Google só o vendeu diretamente a usuários de negócios para uso via Web. Os analistas afirmam que a decisão de trabalhar com terceiros é necessária se o Google espera concorrer de igual para igual com a Microsoft ou a IBM.

A Microsoft, maior produtora mundial de software, vende mais de 95 por cento de seu software por meio de mais de 440 mil revendedores terceirizados, de acordo com a Gartner Research, e pretende investir cerca de 3 bilhões de dólares na administração desses canais de vendas em 2009.

Em comparação, o Google está apenas experimentando a estratégia, mas vê uma grande oportunidade em conduzir um teste com mais de 50 revendedores em 25 países. A empresa também tem um relacionamento estabelecido nove meses atrás com a Salesforce.com.

"Sentimos que o Google teve sucesso limitado em conquistar clientes por meio de um canal único de vendas", disse Tiffany Bova, analista da Gartner Research, que estimou que o Google tenha cerca de 200 mil clientes Premier.

Os revendedores de tecnologia da informação normalmente vendem serviços como hospedagem na Web, instalação de servidores e backup de dados, além de software, para centenas de milhares de usuários finais em empresas de todos os tamanhos.

Nenhum comentário: